16 de novembro de 2010

Haja paciência


Vieram-me contar que eu - e colegas do office - somos pessoas perigosas. Ao que parece somos capazes de qualquer coisa para lixar uma pessoa.

Esta Senhorita foi uma daquelas que nunca me enganou. Foi um daqueles meus instintos.

Feito o aviso, aconselho-vos a terem cautela comigo. Parece que sou perigosa e capaz de fazer mal aos outros! Tenham medo, muito medo! :)

6 comentários:

Katia disse...

uhhhhh...k medo....j sinto as pernas a termer loooool
bjs*

Eli disse...

às vezes as pessoas falam sem se darem ao trabalho de nos conhecer um bocadinho que seja :(

Manuela disse...

Eu digo o contrário: a Ana é uma querida!
Tem sempre uma palavra simpática para dizer!
Dá-nos sempre um miminho, quando nos visita, aqui e ali!
É uma menina linda!
Tenho dito ;)

Shell disse...

Ohh pa mim a tremelicar :p * beijinho

Sachola disse...

Olha e como explico no primeiro post da Sachola, vais ser a primeira vítima, escolhida à sorte numa lista de amigos/as que visito há muito.
Não sei se me safo por estas bandas, pois o perigo não é a minha profissão e dado o aviso contido neste post, temo pela integridade da minha horta, concretamente com aquela parte destinada à salada (e aos pontapés maldosos de gajas reconhecidamente perigosas).
Ahahahah.
Trata-me a hortaliça com carinho e fica prometida matéria prima para um cozido à portuguesa (chouriços, morcelas e farinheiras incluídos loool).

Lea disse...

Eu nunca desconfiei...