1 de fevereiro de 2012

O meu pai e a Arte em ferro forjado

O meu pai é um artista. Sempre foi. Desde miúda que me habituei a vê-lo trabalhar na oficina, ou como ele diz, no seu ateliê de arte. Na verdade, é exatamente isso que aquele espaço é - um sítio de onde sai arte. Uma das minhas brincadeiras preferidas era ir para junto dele e fingir que estava a soldar o ferro. Outra coisa que adorava era fazer letras do abecedário com os restos de ferro que havia pela oficina.
Um dos maiores sonhos do meu pai era dedicar-se única e exclusivamente à arte de trabalhar o ferro. Dedicar-se a inventar novas peças decorativas. Infelizmente, grande parte do seu tempo é dedicada a fazer trabalhos “menos artísticos”.

Um dos últimos trabalhos dele foi este que agora vos mostro. Um berço em ferro forjado para uns clientes que tinham a ideia em mente e que ele concretizou na perfeição [digo eu que sou uma filha orgulhosa].

O que mais adoro são os candeeiros de parede com o pormenor das flores.




10 comentários:

Maria disse...

Adorei, está mesmo muito bonito :)

Carlota disse...

O teu pai é, de facto, um verdadeiro artista :)

ombemua disse...

parabéns ao pai!
Gostei imenso dos candeeiros e da peca que prende aquela rede.

Baci*

Palco do tempo disse...

que lindooooo**

Tsuri disse...

Um sonho de tão lindo. É sem dúvida um artista.
beijinhos

LOL aos 40 disse...

Olá,

que lindo ficou!
Adorei...ficou mesmo fofinha!
Bjs
Fica bem

Maria disse...

Tão bonito!

Zoana disse...

Um espectáculo sim!
Parabéns ao teu pai que tem muito jeitinho ;)

Estrelinha disse...

Muito bonito:) Parabéns ao teu pai :)

Karina sem acento disse...

Ohhh que fofura! É realmente um artista :D