11 de maio de 2012

Yes - I´m back.

Após 3 longos dias de hibernação, eis que volto ao trabalho. Ainda não estou a 100%, a tosse ainda persiste e ainda sinto o corpo mole, contudo estar em casa já me estava a dar cabo dos nervos e resolvi que hoje vinha labutar. Além disso, hoje é dia de ir ao banco assinar uns papéis para que a escritura se efetive. Se bem se lembram, eu e o meu amor, já tínhamos tentado adquirir uma casa há cerca de 1 ano atrás. Na altura, vários bancos negaram o empréstimo e nós acabámos por optar por arrendar uma casa. Estamos a viver juntos há cerca de 1 ano e a casa que escolhemos é muito boa. Não tínhamos razões de queixa da casa. É um T3, bem localizado, áreas grandes, ar condicionado, parqueamento para 2 carros, arrecadação e cozinha equipada. O "único" senão era a renda elevada. Contudo, um dia, decidimos ir ver uns apartamentos que sempre gostámos e que estavam agora com uma grande lona a dizer "facilidade de empréstimo, spread baixo...". Achámos que não perdíamos nada em ir ver. Lá fomos. Depois de ver e escolher um, resolvemos tentar o empréstimo. Tentar não custa, pensámos. Não era preciso dar qualquer sinal, e a resposta tendia a ser breve. E foi. Passado uma semana veio a resposta. O sim. O crédito foi aprovado. As condições são excelentes [para a atual conjuntura, pelo menos] e o apartamento é lindo. Lembro-me do ano passado sofrer imenso por não termos conseguido o empréstimo. Agora, penso que foi um sinal. Um sinal que a altura ideal não era aquela. O apartamento ideal também não era aquele. Há sinais que tendemos a ignorar. Há alturas que um não pode levar-nos ao sofrimento e à tristeza, mas a verdade é que para todos os nãos que recebemos, há um sim que chega. O nosso chegou agora.


3 comentários:

Vânia disse...

e que bom que é quando isso acontece, deixa-nos com o coração cheio:-) fico muito feliz por vocês. beijinho grande***

*C*inderela disse...

ainda bem que conseguiram, não há nada melhor que ter casa própria para poderem fazer aquilo que querem e bem entendem na casa. imagino a tua felicidade :)

Bjokas

Jo disse...

Agora é que é :) Os meus parabéns!! *