11 de novembro de 2010

Só tu

para aturar os meus devaneios constantes. Só tu, para suportar as minhas fases chonés (xixis, como nós dizemos). Queria estar em casa, na nossa. Naquela que nós imaginamos vezes sem conta.

Porque, neste momento, as saudades apertaram.

4 comentários:

Shell disse...

O amor é assim :) * beijinho

Sex na Cidade disse...

o amor é lindo =))
Maria

AVOGI disse...

alguém há-de aturar nao é?
kis :=)

Katia disse...

tao bonito =)
bjs*