8 de setembro de 2011

O quê?



"A pílula Minesse passa dos 5,57 euros para os 18 euros e alguns medicamentos para a asma passa de 3,63 euros para 12 euros."


Caso para dizer:


J., meu amor, sei que combinámos ter filhos só daqui a uns anos, mas acho que temos de pensar melhor.





Fonte: AQUI

9 comentários:

Vânia disse...

O QUE???? essa pilula aumentou imenso, não faz sentido. não sei se a minha aumentou mas já me começo a assustar. este país está cada vez pior, bahhhhh.

Susana disse...

Pois é realmente olha
não sei se na tua zona existe mas eu peço as minhas no centro de saúde sim é chato andar de 3 em 3 meses lá de volta mas se antes achava que compensava agora ainda mais ;)

Jo disse...

Já comprava a minha sem comparticipação, mas não se assemelha (nem pouco mais ou menos) a esse preço. De qualquer modo há sempre a alternativa do centro de saúde.

Bloguótico disse...

... e depois ainda vão buscar (mais) dinheiro aos eventuais abortos!!!!

krasiva disse...

Coitado...vai ter um colapso...lol

Zoana disse...

LOLOL!!!
És corajosa tu...!

estrela disse...

Olá, bom dia venho através do blog da Turista.
eu sou como a Susana e também sempre levantei as minhas no centro de saúde é grátis!
Acho que o J. se calhar até vai ficar super contente!!!

Fiona disse...

Acho que medidas assim só vai contribuir para ainda mais interrupções de gravidez mas pronto...

Dina disse...

Olha que as fraldas, leites e companhia são bem mais caros do que isso ;)